Páginas

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Menina, doce menina

Céu azul, Nuvens bailando.Vento beijando. Debruçada sob a janela , ela fita os olhos na grama verde, se perde...


- Olá, como você está Sophia?!
(sorriso)
-  Há
quanto tempo está aqui?
- O suficiente...
 


Pássaros cantarolam, rosto iluminado pelos raios, brisa tocando os cabelos, profundo respirar.

- Sophia, porque está tão quieta ?!
- estou apenas olhando.
- O que olhas ?!
- ele.
- Ele?!
Sophia interrompe e diz : - Sim, ele.
- Mas não o vejo,não vejo ninguém além de nós.
- é por
que eu o espero, espero.

 
Sente o calor dos raios , prende os cabelos e sai. Aquele pensamento a acompanha por pouco mais de um verão.

5 comentários:

  1. Que bonito! gostei mesmo...
    Um texto claro e puro.
    Parabéns! ^^

    ResponderExcluir
  2. Ah eu gostei *-*
    Escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  3. Doce Sophia!
    Simple e direto [2].
    Lindo, Tathi.

    ResponderExcluir